Rinite Alérgica – Cuidados simples com a higiene da casa evitam problemas respiratórios

No inverno, quando as temperaturas caem e o ar se mantém seco, o sistema respiratório é agressivamente prejudicado, sobretudo em ambientes fechados.

Uma das doenças mais frequentes nesse período é a rinite alérgica. No Brasil, o principal alérgeno é o ácaro da poeira domiciliar, responsável por cerca de 80% das alergias respiratórias, segundo dados da Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia (ASBAI).

Mas como evitar esse mal, sobretudo durante os dias frios? Ricardo Monteiro, especialista em higienização da rede Quality Lavanderia, dá dicas para minimizar os malefícios rinite alérgica, seguindo cuidados simples com a higiene de peças e acessórios que integram os ambientes da casa.

1.      Cobertores e Edredons. Com a aproximação do inverno, os primeiros itens que saem dos armários após longos meses sem uso são os cobertores e edredons. Nesse caso, ainda antes do uso, é recomendada a higienização das peças. Para quem ainda não fez a limpeza adequada, ainda há tempo.

2.      Quartos. É o ambiente mais propício a causar problemas respiratórios. Colchões, travesseiros e almofadas devem ser devidamente higienizados e trocados a cada cinco anos.

As cortinas precisam ser lavadas a cada seis meses, enquanto as roupas de cama podem ser trocadas uma vez por semana.

É recomendado usar aspirador e pano úmido em vez de vassouras, que espalham o pó por todo o ambiente.

3.      Tapetes. Precisa ser devidamente higienizado a cada seis meses, pois acumula número elevado de fungos e bactérias.

Cada matéria-prima empregada, seja corda, algodão ou seda, necessita de um procedimento diferenciado na limpeza para evitar o desgaste dos fios, mantendo a durabilidade da peça.

A manutenção pode ser feita semanalmente, com o aspirador de pó. Os tapetes de banheiro, por conta da umidade, devem ser lavados semanalmente.

4.      Poltrona, sofá e almofadas. As poltronas e sofás devem ser limpos, pelo menos, uma vez ao ano para não acumularem bactérias.

O aspirador de pó precisa ser utilizado uma vez por mês para a manutenção. Já as capas das almofadas podem ser lavadas a cada dois meses para a devida manutenção.

5.      E se tiver pets na casa? Se o morador tiver um pet, é recomendado usar o aspirador de pó duas vezes por semana em tapetes, por conta do acúmulo de pelos.

“Seguindo apenas essas cinco dicas, é possível manter a casa devidamente higienizada e livre do ácaro da poeira domiciliar, mesmo durante os dias frios”, garante Monteiro.

Leia também: Saiba Como Melhorar a Qualidade do Sono