Dicas práticas para manter as roupas limpas e organizadas

Roupas

Roupas

Com certeza, um desejo comum da maioria das pessoas é abrir o armário e sempre vê-lo arrumadinho e com as roupas todas em ordem, porém a realidade costuma ser um pouco diferente, manter as peças limpas e organizadas nem sempre é uma tarefa fácil, pois demanda disciplina e tempo – sobretudo para mães e pais, que tem o trabalho redobrado com as roupas das crianças também.

Entretanto veremos neste artigo que isso não é impossível, e o resultado pode ser mais compensador do que se imagina. Confira a seguir algumas dicas de como manter as roupas de toda a família em ordem, sem mistérios!

 

Crie uma rotina para cuidar das peças de roupas

É importante estabelecer uma rotina para o cuidado com as peças, por exemplo estipulando um dia certo da semana para lavar as roupas da família. Se a demanda for muito grande, essa tarefa pode ser dividida em dois dias, como segunda e quarta, ou no final de semana, de acordo com sua agenda. Outros pontos para se atentar na lavagem:

  • Separe as roupas das crianças e dos adultos para não haver risco de contaminações.
  • Divida as peças por cor e tecido ao colocar na máquina, peças delicadas devem ser lavadas à mão.
  • Não deixe as roupas muito tempo no cesto de lavar, para evitar desenvolvimento de germes e bactérias – além dos maus odores.

Depois das roupas serem devidamente lavadas, da mesma forma devem ser estipulados os dias para passá-las. Lembre-se de checar a etiqueta das roupas e ter cuidado com os tipos de tecidos que não podem ser passados.

Assim, para facilitar sua vida e diminuir seu trabalho, você pode também separar as peças que não necessitam ser passadas. Para roupas, ficar estendidas ao sol ou penduradas em um cabide, já é o suficiente para desamassam.

 

Dê atenção especial para as roupas íntimas

Todos nós sabemos a importância de manter as roupas íntimas limpas e organizadas. Por serem peças delicadas, necessitam de uma maior atenção, pois pode haver contaminação e, assim, riscos para a saúde da família. Para que isso não aconteça, coisas como esterilizar roupas íntimas deve ser uma prática adotada rotineiramente.

Lavar as peças à mão, com sabonete específico é a opção mais adequada. Se for lavar na máquina, você pode colocar as peças separadas por pessoa em saquinhos próprios. Confira como esterilizar roupas íntimas propriamente, para manter a higiene e a saúde da família sempre em dia.

Na hora de guardar as calcinhas, cuecas e sutiãs no armário, você pode separar uma gaveta específica onde só serão guardadas as roupas íntimas e forrá-la com plástico, para protegê-las ainda mais.

Roupas

Roupas

 

Mantenha o guarda-roupa organizado

Separe as peças que devem ser guardadas no cabide e as que precisam ser dobradas na gaveta. Dê preferência para pendurar mais à vista roupas que são utilizadas diariamente e, separadamente, as roupas de sair. O restante pode ser colocado nas gavetas e, para auxiliar ainda mais na organização, é recomendado usar separadores para otimizar o espaço e deixar tudo bem dividido.

As peças de outras estações também podem ser armazenadas em um espaço separado, deixando menos acúmulo de roupas. O ideal é guardá-las dentro de plásticos, para protegê-las de mofo e pó. Para reduzir o espaço que ocupam, uma ideia interessante é colocá-las em sacos a vácuo.

Sapatos também podem ser colocados no guarda-roupas se você não tiver uma sapateira. Você pode adotar prateleiras no estilo de gavetas para guardar os calçados. Para que não entrem em contato com as outras peças, coloque-os em caixas ou saquinhos próprios. Existem diversas alternativas práticas para quem dispõe de pouco espaço, como prateleiras flexíveis ou organizadores de pendurar no guarda-roupa.

Você também pode colocar um suporte de toalhas na porta do roupeiro para pendurar objetos como bijuterias, mantas e cintos. Os brinquedos que as crianças não usam com muita frequência podem ser guardados em caixas organizadoras ou pendurados em organizadores próprios dentro do guarda-roupa ou atrás da porta.

 

Separe periodicamente o que não tem mais uso

A maioria das pessoas tem dó de “se livrar” das roupas que não utilizam mais com a premissa de que um dia encontrarão uso para a peça novamente. Desapegue! Separe as roupas e também os calçados que você e a sua família não utilizam mais e doe! Além de ajudar quem precisa, você ainda contribui para a organização do seu guarda-roupa.

Adotando hábitos simples como esses, você poderá manter suas roupas e pertences sempre limpos e organizados sem maiores dores de cabeça!