A baixa umidade do ar, característica do período, favorece o aumento de doenças, principalmente em crianças e idosos.

A baixa umidade do ar, característica do clima nos meses de outono e inverno, favorece o aumento de alergias respiratórias, principalmente em crianças, idosos e portadores de doenças crônicas. Logo, 7 de maio se tornou o Dia Nacional de Prevenção da Alergia, a fim de conscientizar a população sobre os riscos de contrair doenças neste período. Neste ano, a data também coincide com a primeira terça-feira do mês do maio, na qual é celebrada o Dia Mundial de Combate a Asma.

A asma é uma doença comum das vias aéreas causada pela inflamação dos brônquios e provoca sintomas como falta de ar, dificuldade para respirar, sensação de aperto do peito, chiado e tosse.

Já a rinite alérgica é uma inflamação do nariz causada por alergias respiratórias que podem variar a causa, e, entre os sintomas estão espirros persistentes, obstrução nasal, coriza e coceira no nariz, que também podem ser acompanhados de coceiras nos olhos, garganta e ouvidos. Segundo a ASBAI, Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia, cerca de 30% da população sofre com algum tipo de alergia, sendo a rinite uma das mais comuns.

Quando a temperatura está baixa, as pessoas se fecham mais em suas casas, criando ambientes propícios para o desenvolvimento de agentes precursores da doença, como ácaros e fungos. A Dra. Milena Costa, médica otorrinolaringologista, explica que a asma e a rinite são doenças concomitantes e ainda que seus sintomas sejam diferentes, as duas possuem gatilhos em comum.

Vale lembrar que o tratamento adequado de ambas as doenças somente é determinado após diagnóstico do médico e, mesmo sendo crônicas, as duas podem ser controladas por meio de medicamentos e hábitos de prevenção, como:

Realizar lavagem nasal com soro fisiológico ao menos uma vez por dia;

Manter a casa bem arejada;

Evitar o acúmulo de poeira;

Limpar o ambiente com pano úmido;

Evitar dormir com animais domésticos;

Trocar a roupa de cama duas vezes por semana e fazer revestimentos para os cobertores com capas laváveis;