dentinhoA Larah sempre morde meu peito enquanto mama e quando ela fica irritada, chega a puxar e esticar o bico, o problema é que semana passada, saiu os dois primeiros dentinhos. Aff!! Comecei a sofrer o que não sofri no início da amamentação. Ela já deu várias mordidas, algumas de quase arrancar lagrimas dos meus olhos.

Pesquisando na net, encontrei algumas informações sobre este assunto no site Baby Center que achei interessante e irei aplicar com a Larah.

Tente identificar a causa da mordida:

  • O bebê está caindo no sono: Alguns bebês mordem no final da mamada, quando adormecem. Fique atenta para ver se ele está dando sinais de que vai dormir e o retire do seio antes que isso aconteça.
  • O bebê fica distraído: Há crianças que resolvem dar uma olhada para o lado e levar o mamilo com elas, para não parar de mamar. Mantenha seu dedo mínimo de prontidão para interromper a sucção rápida se o bebê virar a cabeça. Se você perceber que ele está prestes a morder, coloque seu dedinho na boca dele — é melhor ele morder seu dedo que seu peito. Nunca o puxe na hora da mordida, pois você pode se machucar mais. Talvez você tenha que reduzir a duração das mamadas até essa fase passar.

Como reagir após a mordida e dicas para  bebê parar de morder

  • Diga “não” com firmeza, olhando nos olhos do bebê, e interrompa a mamada. Ele precisa associar a mordida à perda do seio — a maioria dos bebês não gosta nada dessa separação.
  • Aproxime-o ainda mais dos seus seios, para que o nariz dele fique pressionado contra a mama. Ele vai ter de abrir a boca para respirar.
  • Se ele continuar, tire-o do seu colo por algum tempo, logo que ele morder.
  • Se você acha que ele está tentando chamar a atenção, tente dedicar toda a sua atenção a ele durante a mamada.
  • Aprenda a reconhecer quando ele está satisfeito.
  • Só dê o peito quando ele estiver mesmo com fome.
  • Tire-o do peito se ele estiver quase dormindo.

Bom meninas, espero voltar em breve para dizer se estas dicas deram certo por aqui. Por enquanto a única coisa certa que não vou parar de amamentar de forma alguma.