Vaidade e a Maternidade

Acompanho muitas gravidinhas aqui no blog, no facebook e no Instagram, e percebo que durante a gravidez, a grande maioria das mulheres tendem a ficar mais vaidosas, exibem suas barrigas com orgulho e sem neuras. Nesta fase, devido às mudanças hormonais, a pele fica mais bonita, os cabelos mais brilhantes e, somados a isso, tem a felicidade que nos invade e acaba transparecendo em todo nosso corpo. Obvio que eu engordei, fiquei inchada no último mês, mas mesmo assim eu me sentia bonita e a vaidade aflorada. Mas, como nem tudo são flores, a gravidez acaba o cansaço chega, o cabelo tende a cair, as olheiras aparecem, o tempo fica escasso e a vaidade fica para traz.

_MG_1686

VAIDADE

Nesta fase, vários fatores contribuem para que a vaidade seja deixada de lado: falta de uma rotina estabelecida, as noites mal dormidas, o cansaço, todo tempo dedicado ao bebê, a falta de organização de horários. Somado a isso tem também a preguiça, a falta de dinheiro… São muitos fatores que contribuem para que nossa vaidade fique de lado e assumamos apenas a função de ser uma boa mãe.

Neste circulo vicioso que é a rotina, esquecemo-nos do resto e, por mais que a rotina nos esgote, fisicamente e emocionalmente, não podemos esquecer que além de mãe somos filhas, mulheres, esposas, namoradas… Precisamos e merecemos de um tempo para nós.

Confesso que sempre gostei de me arrumar, de usar salto alto, mas nunca fui vaidosa ao extremo. Durante a gravidez, a minha preocupação maior era em ganhar peso em excesso e estrias e, graças a Deus, engordei 10kgs o qual perdi em menos de 1 mês da Larah ter nascido e não tive estrias.  Ainda na maternidade coloquei em uso a cinta para “baixar” a barriga.

Mas, falando do pós-parto, onde as dificuldades são maiores, quando a gente quer, é possível arranjar um tempinho para alimentar a vaidade. Nos primeiros meses foi mais complicado, mas agora que a Larah tem uma rotina de sono mais controlada, consigo me programar para cuidar um pouquinho de mim.

Diariamente faço uso de cremes no corpo e no rosto, quando lavo os cabelos eu uso shampoo e condicionador de boa qualidade e faço hidratação (em casa mesmo) uma vez por semana, a cada 15 dias vou ao salão de beleza para cuidar das unhas das mãos e dos pés (gostaria de ir semanalmente, mas ainda não é possível) e faço depilação mensalmente.

Já saí da maternidade com alguns quilos a menos e hoje estou mais magra do que antes de engravidar. Acho que é o resultado de uma combinação de amamentação + péssima alimentação. A barriga ainda não voltou completamente, mas não está ruim. Assim que as coisas se ajeitarem um pouco mais, quero voltar a fazer atividades físicas e alguns tratamentos de estética.

Não tenho pressa, nem pretensão de ser uma “diva”, só quero estar bem comigo mesma e como somos meras mortais, sei que as mudanças virão com o tempo e também não acho que temos que ser extremamente vaidosas e colocar essa vaidade acima de tudo. A vaidade não estará acima da saúde, acima da minha filha, da minha família… O que eu acho é que todas nós temos sim que ter um tempo pra gente, deixar nossos filhos com os pais, com as avós ou com alguém que nos ajude e ter tempo de tomar um banho decente, tempo de passar um creme e relaxar…

Beijos

Adri