Hoje tenho o prazer de dar início a mais uma coluna: Dicas de Outras Mães, e, quem inaugura esta coluna é a querida Patricia Amorim, escritora do blog Trocando Fraldas, ela traz uma dica preciosa para pais de primeira viagem, espero que gostem, eu adorei.

PAIS DE PRIMEIRA VIAGEM

PAIS DE PRIMEIRA VIAGEM

Pais de Primeira Viagem e o bebê

Mamães e Papais de primeira viagem sempre tem uma dificuldade natural com o bebê que recém chegou. Digo isso de cadeira, pois fui uma mamãe de primeira viagem um tanto quanto atrapalhada. Tive uma dificuldade inicial para cuidar da minha filha já que não tinha experiência alguma com bebês nem crianças. No inicio me sentia muito cansada, não dormia direito (normal para toda mamãe) e também não relaxava de forma alguma.

Vivia tensa e isso passou a afetar o humor com o mundo ao redor. Não tinha muita paciência para nada e a cada choro da minha filha eu saltava assustada. Isso tudo porque? Desejava tanto aquele bebê e não tinha a mínima noção de como conter esse sentimento que apareceu repentinamente.

Lembro-me de minha mãe dizendo que não poderia abraçar o mundo naquele momento, pois o bebê era e deveria ser o centro das atenções. Casa, roupa, comida? Deveria ser levado como desse. Era organizada demais para abrir mão de uma casa em ordem e sempre cheirosa. As roupas eram lavadas quase que diariamente para não juntar demais e a comida sempre pronta para quando o marido chegasse. Mas e a vida de uma mamãe de primeira viagem como fica?

De pernas para o ar! A adaptação de uma nova vida com um novo ritmo pode ser motivo de apreensão para algumas mulheres e porque não dizer casais? Foi ai então que eu percebi o que o conselho que a minha mãe queria dizer. Nós devemos nos concentrar no momento pois ele passa e muito rápido, o momento em que o bebê chegou sempre deve ser a prioridade de um casal. A mamãe do recém nascido deve dormir quando o bebê  está dormindo, assim ela terá disposição durante o resto do dia em que ele está acordado e quer mamar.

O que não pode acontecer é uma mamãe se apegar tanto nos afazeres que não descanse nunca. Dormir, descansar enquanto o bebê dorme é fundamental para manter uma saúde bacana nessa fase. Quando digo saúde é a mental e também a corporal.

Assim que passei a dormir quando minha filha dormia, passei a me sentir melhor. O que me faltava era apenas descansar e ai seguindo os conselhos sábios de minha mãe, passei a ver as noites em claro com outros olhos e a qualidade de vida, paciência e convivência melhorou muito. Também digo aos papais, deem o máximo de apoio que puderem dar a mamãe nessa fase inicial. Estar com alguém do seu lado faz tanta diferença… Sentir segurança no companheiro e sentir que ele te entende tem um peso muito grande para a mulher que acabou de dar a luz.

Curta o seu bebê o máximo possível pois o tempo passa voando!

Quer viver esse momento mágico da chegada do bebê? Leia gratuitamente o livro “Como Engravidar, um breve manual para tentantes enlouquecidas” e saiba mais como se preparar para o momento de tentativas para engravidar.

Patricia Amorim, Mulher, esposa e mãe de 3. Escritora por prazer e profissão do Trocando Fraldas

Se você é mãe e tem dicas para copartilhar, não deixe de nos escrever, será um prazer publicar suas dicas.

Email: mamaesfacilidadesedicas@gmail.com