Naninhas e sua importância

IMG_0483Em casa, na hora de dormir, existe todo um ritual: Fralda trocada, caminha preparada e quentinha, vitamina (Adtil) tomada, luz apenas de abajur, ambiente tranquilo e Larah pronta para pegar no sono e, repentinamente começa a chorar. Ela não usa naninhas.

No caso da Larah, a noite, ela só dorme com o peito na boca, mas em muitas casas as crianças se apegam a naninhas e só dormem tranquilas quando estão com elas.

Muitas vezes, este choro desesperado é sinal de insegurança, medo de se separar da mamãe. Isso nada mais é que uma fase, e uma forma eficaz de lidar com esta fase, é dar ao bebê um objeto que pode ser transformado em “amiguinho protetor”. Este objeto pode ser um bichinho de pelúcia, um travesseirinho, uma fraldinha, ou até mesmo a chupeta. Estes objetos por sua vez, são chamados objetos transicionais.

Usar naninhas é prejudicial?

De acordo com os pediatras, as crianças, antes de dormir, gostam de ter por perto objetos familiares para segurar. Com certeza seu bebê se sentirá mais seguro se estiver ao lado do bichinho de pelúcia que brinca durante o dia. Estes objetos transicionais fazem com que o bebê lembre-se da figura materna trazendo aconchego.

A partir dos 4 meses de vida o bebê já percebe e entra nesta fase em que os objetos transicionais são importantes.

Apesar da importância dos objetos transicionais, os pais devem observar a forma como seus bebês estão usando seu paninho ou brinquedinho. O ideal é utilizá-los apenas na hora de dormir. É nesse momento que a criança sabe que ficará sozinha e, por isso, sente-se mais insegura.

Com 2 anos de idade, a criança passa a compreender melhor cada situação e esta é um bom momento para dar início a retirada do objeto transicional. Não convém deixar a criança usar o objeto durante toda a infância. A medida que a criança começa a se interessar por assuntos ligado a cultura, elas mesmas vão perdendo o interesse pelos objetos.

Para os psicólogos, os objetos devem ser encarados como algo saudável, mas seu uso prolongado – após os 2 anos de idade – pode representar uma dificuldade da criança em passar pelo processo de individualização.

Nem todas as crianças adotam um objeto transicional. Alguns bebês desenvolvem a capacidade de criar e se individualizar sem, necessariamente, fazer uso de um brinquedo. Mas a escolha é particular de cada criança. Para algumas, basta a figura da mãe.

Posts Relacionados

Papinhas Congelar Pode? Aqui em casa, não tenho nenhuma dificuldade no preparo das papinhas da Larah, no entanto, as papinhas salgadas ela só consome no almoço e, esta semana...
Papinha – A primeira A minha Larah já vai começar com a papinha e estou pesquisando muitas coisas sobre este tema: Receitas, armazenagem, congelamento, papinhas industrial...
Salto de Desenvolvimento e Fases de Picos de Cresc... O tema hoje é sobre saldo de desenvolvimento e fases de picos de crescimento, tenho certeza que auxiliará muitas mamães entender as mudanças de seus...

Posts Relacionados

Dia dos Pais – Como Surgiu a Data Eu e Larah, passamos o Dia dos Pais na casa do meu pai. Foi um dia agradável e de reunir a família para um tradicional churrasco. Meu marido não pode ...
É Normal Bebê ficar Dias Sem Fazer Cocô? É Normal o Bebê ficar Dias Sem Fazer Cocô Desde que a Larah nasceu, o intestino funciona como um relógio. Quando ela era recém nascida, toda vez que ...
Cartão de desejos para o Bebê – Freebie Oi mamães!Vocês já conhecem o Cartão de Desejos para o Bebê? Neste cartão os convidados irão escrever vários desejos para o bebê que está chegando...

18 Comentários

  1. Toninha Borges
    23 de setembro de 2014

    Eu tive mania quando pequena.
    Meus filhos teve as seas manias também.
    Tudo passa.
    Deixa a vida me levar…
    Bju

    Responder

  2. Jenifer
    23 de setembro de 2014

    Por aqui as meninas não tiveram, mas minha afilhada Luisa tem um bichinho que ela não dorme sem ele…
    Bjs

    Responder

  3. Verônica
    23 de setembro de 2014

    Minha filha tem um burrinho de pelúcia, desses bem macias que já fica no berço, ela só dorme abraçada nele.
    Agora com 2 anos ela não tem ligado tanto para ele,um dia dorme com ele outro nem sente falta…
    Beijos. Adorei o post!
    http://www.pipocasemaquarela.com

    Responder

  4. Tatty Nunes
    23 de setembro de 2014

    Aqui ele só dorme cheirando a mão de um urso que chamamos de amigão, ainda estou com dó de tirar! Bjos
    Tatty Nunes – Mãe de Primeira Viagem

    Responder

  5. Gisele
    23 de setembro de 2014

    Minha baby não tem apego por um objeto, nada, nem paninhos.. ela está com 1 ano e 3 meses e agora gosta de levar alguns brinquedos para a cama, mas nada de mais.

    Bjs
    http://www.soumae.org

    Responder

  6. Pati Avancini
    23 de setembro de 2014

    É tão fofo essas naninhas! Eu deixo sim, a Arianne usou a dela até 3 anos e 9 meses, largou por vontade própria!
    Bjs, Mundinho de Arianne

    Responder

  7. Thaty Oliveira
    23 de setembro de 2014

    Caio não larga sua chupeta e sua fraldinha de pano, chamados carinhosamente por ele de : “pepeta e bubu” esses são os únicos “vicios” dele. Quer durante o dia também, quando esta irritado ou com sono. Fará dois anos mês que vem, mas sinto que ele não esta preparado ainda pra tirar… Vamos ver né.. No ritmo dele!!!
    Amei. Muito bom esse post.

    Responder

  8. Jamilly Lima
    24 de setembro de 2014

    Meu filho teve objeto de transição, ótimo texto.
    Beijos
    http://www.maeparasempre.com

    Responder

  9. Dulcinéia de Sá.
    24 de setembro de 2014

    Aqui em casa a minha filha mais velha tinha mania de dormir cheirando meu cabelo até os dois aninhos, depois disso ela se apegou as toalhinhas. Já a minha filha mais nova dormia com toalhinhas também porém molhadas rs rs
    Mas esse ano ela largou essa mania quando deixou de chupar chupeta 🙂
    Agora ela dorme com o Sansão da Mônica, sabe aquele coelho azul? rs rs
    Beijinhos e Sucesso flor!
    http://dulcineiadesa.blogspot.com

    Responder

  10. Gerri Ferreira
    24 de setembro de 2014

    Minha filha não se apegou , era só comigo do lado. ate hoje e ela esta com 2 anos e 8 meses.

    BEIJOS
    GERI FERREIRA
    http://WWW.ENCANTODEMENINABLOG.COM

    Responder

  11. tarcila nobre
    24 de setembro de 2014

    Que legal nao sou mae ainda mais eu sempre mais sou apaixonada por crianças e tenho 14 afilhados e ai me perguntava inumeras vezes !!!
    Sera que para dormir criança sente dor ? Por que todas as crianças chora antes de dormi ?
    Agora sei como isso se resolve
    Me lembrei que quando era criança so dormia com a chupeta nas maos e com uma pedaço de algodao passando no rosto entao ai ja sei o que fazer quando estiver meu bebe …

    Responder

  12. Leidiane Souza
    24 de setembro de 2014

    Lohany só dormia com o peito na boca, mesmo depois do desmame. Ela não tem nenhum apego com bichos de pelúcias nem fraldas mas consegui tirar aos poucos!
    Beijos

    Responder

  13. ludmyla
    24 de setembro de 2014

    Meu pequeno desde que nasceu só dorme com a fraldinha dele.. Eu acho super fofo.
    Beijos

    Responder

  14. Roberta Aquino
    25 de setembro de 2014

    A Luma tem um travesseiro que não larga .. mas tá substituindo pela ariel de pelucia .. hehehe

    Roberta Aquino
    <a href="http://www.talmaetalfilha.blog.br//&quot; Tal Mãe, Tal Filha Blog

    Responder

  15. Andreia
    25 de setembro de 2014

    Cada criança tem um hábito para dormir.
    Por aqui o garotão se sente confiante com a presença do pai ou da mãe junto com ele.
    Bjks
    http://www.maevaidosa.com

    Responder

  16. Nanda
    26 de setembro de 2014

    amiga aqui as duas dormiam no peito
    mas a Gabi chupa o dedinho
    queria que ela tivesse uma naninha rs

    lindo dia bjs

    Responder

  17. Cléo Moretti
    27 de setembro de 2014

    Davi tem seu ‘naná’ e até hoje ainda costuma pedi-lo. Ceci não teve, gosta mesmo de ficar comigo.
    Mas as nanihas fazem parte da transição, do separar-se da mãe.
    Adorei o tema.
    beijinhos

    Responder

  18. Elaine
    26 de março de 2017

    Minha filha está com 10 anos e ainda usa a naninha. Estou super preocupada. Alguém pode me ajudar.???????o que devo fazer??????

    Responder

Deixe um comentário!

*