Microcefalia – Informações Importantes

Microcefalia – Informações Importantes

Por conta de tantas informações e notícias sobre o aumento considerável dos casos de microcefalia no Brasil, passei a tarde reunindo informações sobre o assunto para compartilhar com vocês.

Para se ter um noção da gravidade e do aumento dos casos de microcefalia, em 2014 tivemos 174 casos e em 2015 já são 739 casos. No Brasil, a região Nordeste tem sido a mais afetada, no entanto o perigo existe para todos os estados, pois a hipótese mais provável é que este aumento se deu por causa do vírus Zika, que é transmitido pelo mosquito Aedes Aegypti, o mesmo da dengue.

MICROCEFALIA

Microcefalia

Devido à gravidade da situação e da falta de informações concretas, uma das recomendações feitas pelos especialistas é que as mulheres evitem engravidar. Pois é, enquanto não se tem certeza do causador desse surto, de acordo com os a médicos, neste momento o melhor a se fazer é evitar a gravidez.

Infelizmente ainda não existem pesquisas que relacione a microcefalia ao vírus Zika e as estimativas são de que se demore pelo menos de seis meses a um ano para que se consigam pesquisas efetivas relacionando ao tema.

A microcefalia é um problema sério e não existe cura para ela. Crianças com microcefalia nascem com o cérebro menor do que deveria ser. E isso causa diversos problemas no desenvolvimento da criança, em graus distintos sendo que 90% das crianças terão algum tipo de deficiência mental, além disso, podem  ser apresentados casos de epilepsia, dor de cabeça, problemas de visão e de audição e mau funcionamento do intestino.

A Microcefalia sempre foi uma doença rara e os poucos casos estavam relacionados ao uso de drogas pela mãe, envenenamento por mercúrio ou cobre, antes ou durante a gravidez, HIV materno, doenças metabólicas, desnutrição, meningite ou por infecções de alguns vírus. Por isso que a suspeita recai sobre o zika vírus. Testes feitos nas mães que tiveram bebês com o problema apontam que elas tiveram contato com este vírus.

E o pior de tudo é que muitas pessoas que tiveram contato com o vírus nem sabem, pois não apresentaram sintomas da doença.

Enquanto as pesquisas não se consolidam, nos resta combater os focos onde o mosquito da dengue pode se reproduzir. Ou seja, agora mais do que nunca devemos evitar água parada.

Para as mulheres que já estão grávidas ou pensando em engravidar e não podem ou não querem postergar a decisão, fiquem atentas às noticias e as recomendações dos especialistas. Use repelentes com a substância dietil toluamida (DEET) e seguir as recomendações de uso, sem extrapolá-las.

Posts Relacionados

Fotografar a gestação Olá pessoal, tudo bem, vamos fotografar? Com este post, inauguro a coluna Fotografia, na qual quinzenalmente trarei informações bacanas sobre fotos. ...
Gestação – Quanto tempo dura? GESTAÇÃO Antes de ser mãe eu responderia com toda a convicção do mundo que a Gestação dura nove meses, no entanto, para minha surpresa, na primeira ...
Como Usar o Cinto de Segurança na Gravidez Como Usar o Cinto de Segurança na Gravidez Fonte www.mamaeonline.com.brNa rotina diária, a gestante deve tomar uma série de cuidados para que nad...

Posts Relacionados

Obesidade no Brasil Obesidade atinge 19% da população brasileira e 54% está com sobrepeso Doença é responsável por comorbidades que correspondem a 72% dos óbitos no país...
Novembro Azul – Reduzindo Risco de Câncer de... Novembro Azul - As 10 Maneiras de Como Reduzir os Riscos de Câncer de Próstata Novembro Azul é uma grande Campanha Internacional criada especialmente...
Zika – Sinais e Sintomas Muito se tem ouvido falar em Zika, mas será que sabemos realmente do que se trata? Até ao final do ano de 2015, foram confirmados, no Brasil mais de ...

3 Comentários

  1. Michele Gobbato
    01 de dezembro de 2015

    É tudo cuidado é pouco … E o que podemos fazer para prevenir temos que fazer.

    Bjs Mi Gobbato

    Responder

  2. Lorrayne Macedo
    01 de dezembro de 2015

    Eu tive a dengue quando estava grávida, só que ainda nem sabia que que estava, se fosse hoje iria estar apavorada, todo cuidado é pouco!

    Responder

  3. Jamilly Lima
    01 de dezembro de 2015

    Todas a informação é necessária. Vou compartilhar.
    Beijos

    Responder

Deixe um comentário!

*