Dando continuidade ao post anterior – Método Montessori – o texto publicado pelo grupo “Montessori para Famílias”, traz dicas de como aplicar o Método Montessoriano em Casa. Vamos ler?

Método Montessoriano Em Casa

Método Montessoriano Em Casa

Método Montessoriano Em casa 

A aplicação do Método Montessori em Casa é, antes de mudar o olhar sobre a criança, é mudar o nosso estado de espírito enquanto pais.

Alguns princípios para a aplicação da pedagogia em casa:

Tenha confiança no seu filho

– Ao preparar um ambiente propício, ao retirar do seu alcance os objetos que representam perigo ou que são muito frágeis e adaptar as instalações e objetos da vida cotidiana à criança, permitindo com que ela faça sozinha e em segurança.

– Ao apresentar os objetos do seu meio familiar e o seu modo de utilização, ensinando de forma lenta e precisa a maneira correta de utilizá-los.

– Ao respeitar a atividade espontânea e os períodos sensíveis que ele atravessa.

Como e por onde começar – Ambiente preparado em casa

O Quarto

  • Deve ser bem organizado, agradável e seguro para que a criança possa explorá-lo.
  • A cama deve ser baixa ou o colchão deve estar no chão para que a criança tenha a liberdade de movimentar-se, dormir e acordar sozinha. Evita-se o uso do berço, pois este limita o campo de visão da criança e impede o desenvolvimento de sua autonomia.
  • A partir de cinco anos, pode colocar um saco de dormirao invés de lençóis ou cobertores. Isto pode ajudar a criança a arrumar a cama sozinha.
  • Instalar um pequeno porta-casacos na altura da criança e um espelho. Para bebês, o espelho deve estar na horizontal; para as crianças maiores que já conseguem ficar em pé, o espelho deve ser fixado na vertical.
  • Colocar quadros harmoniosos, com imagens de boa qualidade, que tenham crianças ou animais. Colocar na altura da criança para que ela possa apreciar.
  • Não utilizar  baús ou caixas para colocar todos os brinquedos desordenadamente. Isto causa a sensação de desordem. Privilegie as estantes baixas para dispor livros e brinquedos. Organize os brinquedos e jogos em caixas adaptadas de preferência transparentes; use etiquetas que identifiquem o que há dentro das caixas ou cestos. Disponibilize poucos brinquedos e que correspondam à etapa de desenvolvimento da criança e adote o rodízio.
  • Cômodas e gavetas devem estar na altura da criança para que ela consiga olhar o que tem dentro e possa vestir-se sozinha. Etiquetas também ajudam a criança a compreender o que tem dentro das gavetas.
  • Encoraje a criança a colher flores do campo para decorar seu quarto com pequenos vasos.
  • Reserve um espaço para um pequeno museu natural. A criança poderá colocar as pedrinhas, grãos, conchas ou penas que encontram durante os passeios.

A Cozinha

  • Organize a cozinha para que a criança possa ter um espaço de trabalho ou que tenha acesso com segurança (banqueta, escadinha ou cadeira adaptada) à pia ou bancada.
  • Reserve um espaço na geladeira para o seu filho para que ela possa servir-se do seu suco, água, frutas, iogurte ou ingredientes para fazer um sanduíche, por exemplo. A responsabilidade de escolher alimentos saudáveis é dos pais!
  • Reserve uma gaveta para a criança. Lá deverão estar os seus talheres, pratos, copos e guardanapos da criança.
  • É importante que a criança tenha seu lugar para fazer as refeições. Pode ser em uma cadeira que se adapte à mesa, o então uma mesinha com cadeiras da sua altura.

Banheiro

  • A criança deve aprender a utilizar o banheiro corretamente, ou seja: abrir e fechar a torneira, utilizar o sabonete para lavar as mãos, escovar os dentes sozinha ou com o mínimo de ajuda possível, usar o vaso sanitário adequadamente.
  • Mantenha uma pequena escadinha para auxiliar a criança.

Outros espaços como sala, corredores, escritório

  • Sempre que possível, crie espaços para a criança nos mais variados lugares da casa, sempre observando a funcionalidade do local e dos materiais disponibilizados (cantinho da música, da leitura, da meditação…)
  • Organize um espaço de artes com um cavalete e uma grande mesa para desenhar e materiais para os trabalhos manuais.
  • Disponibilize materiais para o trabalho manual das crianças; organize-os em caixas separadas preferencialmente transparentes para que a criança possa identifica-los. Os materiais a serem disponibilizados dependem muito da idade da criança, tais como massinhas, lápis de cor, giz de cera, canetinhas, papéis, pequenos pedaços de tecidos e reciclagem que podem ser utilizados nas colagens.

Vida Prática 

Atividades pedagógicas em casa: Todas as ações da vida prática – e relacionadas ao cotidiano – fazem parte das atividades do Método Montessoriano em Casa. Constituem-se numa verdadeira ginástica para os músculos, desenvolvendo a coordenação motora ampla e fina (preparação para a escrita) e também estimulam as atitudes adequadas nas relações sociais.

Nesta área vamos encontrar os exercícios de caminhar e correr, subir e descer, carregar objetos, encher, esvaziar, transpor líquidos e objetos, abrir, fechar, dobrar, recortar, colar, limpar, lavar, lustrar, cuidar de plantas, cuidar do ambiente, cuidar de si mesmo, entre outras.

As atividades devem ser orientadas e supervisionadas por um adulto até que a criança adquira confiança e maturidade para realizá-las sozinha.