Maternidade: eu não quero! Apesar desta frase ainda causar impacto e indignação em algumas pessoas, foi-se o tempo em que as mulheres eram criadas e educadas para ser progenitora e dar ao homem uma família.

Pode alguém querer não ser mãe? PODEEEE.  Claro que pode!!!

Semana passada escrevi sobre a Lua de Leite (se não leu, clique aqui) e sabemos como é difícil ter tempo para dedicar-se somente ao bebê nos primeiros meses da maternidade.

Foi então que resolvi escrever para refletirmos mais sobre o assunto e tomar o cuidado de não ter opiniões prontas e preconceituosas.

A maternidade é muito romantizada. Tudo muito bom como num conto de fadas. Um mundo alegre e mistico, em que no final você será feliz para sempre.

No final é claro você será muito feliz, pois não há amor maior que de um filho e de uma mãe. Porém há muitos obstáculos e dificuldades a serem superadas, principalmente com o primeiro filho.

Principalmente para mim que fui mãe com 18 anos, sou tão feliz, tudo deu tão certo na minha vida que não mudaria nada. Mas não é assim para a maioria das meninas que engravidam jovens e adolescentes.

Você pode não querer ter filhos

Você pode não querer ter filhos

Nunca ouvi estas perguntas

Elaborei um questionário, que na minha opinião, deveriam ser feitos a todos, antes de uma gestação, tanto para homem quanto mulher.

Se você responder SIM a todas as perguntas, você estará pronta!

  1. Você está disposto a perder horas de sono por causa de uma criança? (o que os jovens mais gostam é de dormir….)
  2. Você está disposto a deixar de sair por pelo menos 30 dias para se recuperar do parto e adequar sua rotina a criança?
  3. Você está preparado para sentir medo e insegurança ao ver um ser que depende totalmente de você?
  4. Você está preparado para desenvolver habilidades de detetive ao ver a criança chorar e você não saber o motivo?
  5. Você está preparado para perder suas roupas e sapatos e ver seu corpo mudar totalmente? Esta para os meninos seria: Você está preparado para ver sua gatinha mudar o corpo e sentimentos totalmente?
  6. Você está preparada para ser criticada, ter palpites a toda hora na sua vida e interferência no modo como cuida da criança?
  7. Você está preparada para se distanciar de vários amigos solteiros? Muitas vezes a programação não compreende sua nova rotina…

Bem se você respondeu SIM a maioria das perguntas, então pegue o seu passaporte para a maternidade!

Porque eu vos digo: você poderá ter um, dois, três… duzentos filhos, você terá que abrir mão de muitas coisas, mas será muito FELIZ!

Quer saber quais serão os seus direitos? Sua recompensa?

  • O olhar amoroso do seu filho quando você amamenta;
  • O primeiro carinho com a mãozinha dele;
  • Os beijinhos infinitos que serão dados sem  motivo;
  • Quando você chega estressado de um dia cansativo e ouve mamãe/ papai com tanta alegria, que tudo passa;
  • Os primeiros passos, a primeiras palavras, depois as conversas mal pronunciadas…

A recompensa você só vai entender quando você passar por esta vivência.

Mas você também pode ser muito feliz se decidir não abrir mão de tantas coisas por causa da maternidade. Basta sonhar e não sentir falta de ser mãe. Você pode decidir ser apenas tia, madrinha, prima….

Seja o que decidir seja uma mulher feliz!

regina