Importância do brincar

Importância do brincar

Inúmeros fatores contribuem para o desenvolvimento físico e intelectual de uma criança e o brincar com certeza é um desses fatores.

De acordo com as informações fornecidas pela Sociedade Brasileira de Pediatria, inserir brincadeiras no dia a dia das crianças, não precisa de muitos critérios e planejamentos. Quando não estão na escola, as brincadeiras preferidas das crianças são: jogar bola, com 33% da preferência e brincar de boneca, com 28%. Apesar da grande concorrência com a TV (26%), do videogame (14%) e do computador (9%), no dia a dia, com estímulos, as crianças preferem andar de bicicleta (19%).

As brincadeiras desenvolvem a expressão, lógica e criatividade das crianças. Elas desenvolvem também habilidades cognitivas, físicas, morais e afetivas quando interagem com outras crianças.

É através das brincadeiras que elas são capazes de compreender e reelaborar o universo ao seu redor. Também desenvolvem uma vida imaginária cheia de detalhes, podendo expressar e representar seus sentimentos e ideias por meio de fantasias, com temas próprios de sua realidade.

A Larah desde 1 ano brinca sozinha com suas bonecas, ela ama brincar de ser médica e de fazer comidinha na sua cozinha, no último mês, percebi que ela têm passado mais horas emergida em suas brincadeiras.

É muito interessante observar as brincadeiras dela, apesar de sua pouca idade (2 anos e 10 meses), as brincadeiras são ricas em detalhes, repete para as bonecas frases que eu falo pra ela e frase que muitas vezes ela ouve nos vídeos do YouTube.

O grande desafio, principalmente para crianças que já frequentam escola, é dosar as brincadeiras com as atividades escolares. O importante é tornar o estudar em prazer para que os estudos sejam mais bem aproveitados.

fonte Pixabay

Uma dica é que algumas brincadeiras e jogos educativos também podem ser instrumentos facilitadores do processo de aprendizagem dos pequenos.

Outro ponto importante é não sobrecarregar as crianças de atividades. Descanso mental é muito importante e perguntar aos filhos o que eles realmente desejam fazer muitas vezes é uma sábia decisão.

Com tudo, bora brincar com  nossos pequenos.

Beijos

Adri