Escola – Entenda Algumas Orientações Pedagógicas

Escola – Entenda Algumas Orientações Pedagógicas

Há cinco meses, voltei a trabalhar fora (leia mais aqui) e, neste primeiro ano, decidi deixar a Larah aos cuidados da minha irmã. Essa foi minha opção por dois principais motivos: acho a Larah muito pequena para ir a escola e também, como tenho flexibilidade de horário, prefiro deixar com minha irmã, pois posso busca-la a qualquer hora.

Mas, de qualquer forma, passei a pesquisar um lugar bacana para a Larah estudar no futuro e só agora que parei para prestar a atenção na variedade de propostas pedagógicas que existem.

Em minha opinião, o preço, a localização e a estrutura são fatores importantes no momento da escolha da escola, no entanto, saber se a escola está alinhada com os valores que eu acredito serem os corretos para a Larah, é fundamental.

Tenho plena consciência de que é praticamente impossível encontrar uma escola que seja 100% da forma que eu gostaria, mas, conhecendo as orientações pedagógicas, no mínimo terei um “norte” a seguir na busca da melhor opção.

A seguir, para que seja útil para outras mamães, darei uma breve explicação sobre as principais orientações pedagógicas.

Tradicional – Privilegia a transmissão de conteúdo e o professor é o grande personagem. O modelo tende a rigidez disciplinar;

ESCOLA

ESCOLA

Construtiva – Desenvolvida por Piaget, trata-se da capacidade do aluno construir seu próprio conhecimento, o erro é considerado parte importante do processo;

proposta construtiva

Socioconstrutivista – Todo o aprendizado é mediado e isso torna o papel do professor mais ativo do que no conceito de Piaget. O foco é na interação. O ensino deve se antecipar ao que o aluno sabe;

proposta socioconstrutiva

Montessoriana – As crianças são identificadas por suas características e possibilidades, cabe ao educador remover obstáculos ou propor atividades motoras e sensoriais pela arte, música e ciência. O espaço é preparado para permitir movimentos livres, facilitando o desenvolvimento;

proposta montesouri

Antroposófica – O foco é no desenvolvimento integral e não apenas no intelectual. A imaginação é estimulada com brinquedos feitos com recursos naturais.

proposta antroposofica

Democrática – As crianças têm conteúdos importantes para sua formação, mas sem obrigação de carga horária. Prevalece a liberdade de escolha dos alunos. A matemática, por exemplo, pode ser aprendida de forma lúdica.

proposta democratica

Reggio Emilia – O espaço é considerado tão educador quanto o professor. Nos ambientes, há preocupação com os sons, as imagens e as cores.  A proposta é que as crianças são protagonistas do próprio processo de conhecimento.

proposta regio emilia

Logosofia – A proposta é educar para vida consciente e promover o conhecimento de si mesmo e o desenvolvimento biopsicoespiritual. Ideal para pais que querem participar da formação escolar e moral dos filhos longe dos moldes religiosos.

proposta logosofica

Pikler-Lóczy – Respeita a autonomia da criança. Existe uma a forma, um jeito específico  de tocar o corpo da criança, de falar com ela e de fazer sua higienização  e nada acontece sem autorização, mesmo que apenas com o olhar.

proposta  Pikler-Lóczy

Eu ainda não decidi qual será a orientação pedagógica que gostaria que a Larah seguisse, mas, de todas que descrevi acima, a que mais gostei foi a Montessoriana, agora, se fosse no meu tempo de escola, eu gostaria da Democrática.

O desafio agora é encontrar a escola com a orientação pedagógica que eu gostei, próxima de casa e com preços que caiba no bolso.  Quase impossível.

Fonte de Pesquisa: Revista Crescer

Posts Relacionados

8 Dicas Para Melhorar o Desempenho Escolar Volta às Aulas: 8 Dicas Para Melhorar o Desempenho Escolar A participação dos pais é fundamental para o desenvolvimento educacional dos filhosV...
Ensino Infantil – O que as crianças aprendem... As aulas iniciaram e eu ainda não matriculei a Larah na escola. Ela acabou de completar 3 anos e no ensino infantil, com essa idade, ela ingressará no...
Melhor Adaptação na Escola Os primeiros dias de aula na vida de uma criança nem sempre é fácil para ela e também para a mamãe. Hoje vamos falar sobre algumas dicas para uma melh...

Posts Relacionados

Escola dos Sonhos Para Seu Filho Mães Blogueiras: Como seria a escola dos sonhos para seu filho? Esta semana a blogagem coletiva de mães blogueiras saiu ontem no Blog Mãe de Moleque,...
Ensino Infantil – O que as crianças aprendem... As aulas iniciaram e eu ainda não matriculei a Larah na escola. Ela acabou de completar 3 anos e no ensino infantil, com essa idade, ela ingressará no...
Melhor Adaptação na Escola Os primeiros dias de aula na vida de uma criança nem sempre é fácil para ela e também para a mamãe. Hoje vamos falar sobre algumas dicas para uma melh...

8 Comentários

  1. Jamilly Lima
    18 de agosto de 2015

    Lucas estudou os três primeiros anos em uma escola construtiva e adorei.
    Hoje ele estuda em uma tradicional.
    Otimo post, completo.
    Beijos

    Responder

  2. Daniela Zanatto
    18 de agosto de 2015

    Não sabia que existiam tantas orientações pedagógicas! Achei muito legal conhecer todos.
    Escolher uma escola é um passo importantíssimo para uma mãe e um pai. Dos meus, eu escolhi quando eles iam fazer 6 meses, pois ia voltar a trabalhar. Mas gosto bastante da escolha.
    Um beijo
    http://www.mamaeaprendiz.com

    Responder

  3. Mãe Sem Frescura
    18 de agosto de 2015

    Olá.

    Adorei o post que está cheio de dicas bacanas e ainda com as diferenças da pedagogia adotada.
    Acho que além da orientação pedagógica que a escola utilizada é importante também o ato de “gostar” da instituição e ver qual é a melhor opção para cada criança.

    Bjs, Pri
    Mãe Sem Frescura
    http://www.maesemfrescura.net

    Responder

  4. Aline Patrícia
    19 de agosto de 2015

    Achei muito interessante sua postagem!
    Realmente não estou muito por dentro das orientações pedagógicas, vou até me informar melhor!! Muito boa mesmo!!

    Responder

  5. Rúbia Solbakken
    19 de agosto de 2015

    Adorei conhecer as orientações pedagógicas. Já sabia um pouco sobre o piaget e montessoriano. Prefiro o montessoriano. Beijos!

    Responder

  6. Ariane
    19 de agosto de 2015

    Por tudo isso que mencionou no post, que escolher uma boa escola não é fácil né? A educação vem de casa, mas a escola tem um papel super importante na formação do carater e no desenvolvimento das crianças.

    Responder

  7. melissa
    19 de agosto de 2015

    Cada família deve escolher aquela que tenha mais o seu perfil!Eu adoro a construtivista e a montessoriana.
    Bjs

    Responder

  8. Ludmyla
    20 de agosto de 2015

    Não sabia dessas opções , e confesso que adorei conhecer, com certeza vai me ajudar na minha escolha!!

    Beijos

    Responder

Deixe um comentário!

*