Empreendedorismo X Corretor de Imóveis

Algumas mamães que seguem blog e leram sobre minha volta ao mercado de trabalho como corretora de imóveis aqui neste post, pediram mais informações sobre minha trajetória no empreendedorismo e informações sobre a profissão do corretor de imóveis.  Pensando nisso, o tema de hoje é dedicado à este assunto.

Nestes meus anos de vida, mesmo trabalhando de forma convencional e em regime  CLT, sempre me envolvi em projetos paralelos.  Agora, com certa maturidade, percebo que desde criança fui empreendedora.  Vendia brinquedos que não queria mais para juntar dinheiro para comprar outros brinquedos…  Já vendi lingerie, ovos de páscoa, biju, cesta de café da manhã e telemensagem,  já fui sócia de loja de perfumaria, floricultura e salão de beleza. Depois dos 15 anos de idade, sempre tive emprego fixo e atividades paralelas. Em rodas de bate papo, o tema empreendedorismo me fascina. Amo conversar com pessoas que estão montando seu próprio negócio. Amo dar dicas e ajudar de alguma forma.

Atualmente decidi empreender de uma forma diferente. Eu buscava uma atividade na qual atendesse estes 03 requisitos:

  • Algo que eu gostasse de fazer;
  • Flexibilidade de horário (Não quero um emprego que me faça sair as 6h00 de casa e retornar as 20h00, agora eu tenho a Larah que é minha prioridade);
  • Que me trouxesse uma renda razoável;

Mediante as minha necessidades/prioridades, resolvi voltar ao mercado de trabalho sendo uma corretora de imóveis.

Eu sempre fiz muitos cursos e, em 2012, eu fiz o curso de Técnico em Transações Imobiliárias, cheguei a trabalhar paralelamente  como corretora na época, no entanto, precisei dar um tempo, não estava conseguindo manter as duas atividades, e agora, esta profissão atendeu perfeitamente minhas necessidade e requisitos.

Algumas pessoas questionaram minha escolha dizendo que eu deveria ser dona do meu próprio negócio devido as minhas características empreendedora, mas, corretor de imóveis é uma das profissões que mais exige que o profissional tenha características empreendedoras.  E eu posso afirmar que até a presente data (4 meses de trabalho) estou muito satisfeita.

Empreendedorismo X Corretor de Imóveis

O corretor, mesmo que trabalhando filiado a alguma imobiliária ou incorporadora, ele é dono do seu próprio negócio, ele é micro empresário. Ou seja, 99% dos corretores não possuem salário fixo, o salário dele dependerá de seus esforços, dedicação, competência, visão e trabalho árduo.

Para ser um bom corretor de imóveis, essencial que se tenha visão de empreendedorismo. Essa característica deve estar muito presente, pois ele precisa enxergar em um determinado imóvel a potencialidade do negócio, e deve exibi-la de forma segura e precisa para o comprador.

O brasileiro tem dois sonhos – ter a casa própria e ser dono do próprio negócio – Trabalhar realizando sonhos é gratificante para quem é empreendedor.

Algumas Características do Corretor de Imóveis de Sucesso

1. Iniciativa: a busca constante por oportunidades de negócios. Estar sempre atento ao que acontece no mercado em que vai atuar;

2. Perseverança: as dificuldades vão acontecer, até porque o empresário de micro e pequena empresa muitas vezes é solitário. “Não se pode desistir”.

3. Coragem para correr riscos: arriscar-se faz parte do ato de empreender. Lembre-se, correr riscos é diferente de correr perigo. O empreendedor corre perigo quando está desinformado. Se tem as informações, pode tomar decisões complexas com risco calculado.

4. Capacidade de planejamento: ter a visão de onde está, onde quer chegar e o que é preciso fazer. Criar planos de ações e priorizá-las dentro do negócio. Monitorar, corrigir e rever. Isso pressupõe que se avalie as melhores alternativas para alcançar seus objetivos estabelecidos durante o planejamento.

5. Eficiência e qualidade: as pequenas empresas dispõem de menos recursos, então precisam garantir que eles sejam bem aproveitados. É preciso conquistar o cliente, o público alvo e direcionar os esforços;

6. Rede de contatos: é importante participar de eventos e feiras relacionados ao seu produto. Lembre-se também de que ambientes informais ajudam a formar bons contatos. A gente começa a desenvolver nossa rede de contatos com a família, amigos, vizinhos e antigas experiências. Deve-se trazer isto para a sua realidade de negócio.

7. Liderança: O empreendedor deve ser o líder na sua empresa. Ele deve ser um bom ouvinte e deve saber estimular permanentemente a equipe, motivá-la e deixá-la comprometida. Ele deve também ser um gestor de pessoas.

 

CORRETOR

CORRETOR

Fonte de pesquisa: http://www.qimoveis.com.br/

Posts Relacionados

Sou mãe, blogueira e agora, corretora de imóveis CORRETORA DE IMÓVEIS Sou mãe, blogueira e agora, corretora de imóveis Pois é, minha meta de ficar em casa cuidando pessoalmente e em tempo integral...
Como me tornei uma mãe empreendedora Como me tornei uma mãe empreendedora MÃE EMPREENDEDORA Assistindo um programa de TV que fala sobre pequenas empresas, fiquei impressionada com a gr...
Mães Empreendedoras – Quer Ser Uma? Fico impressionada com a grande porcentagem de mulheres que após o nascimento dos filhos tornaram-se mães empreendedoras.  Em muitos casos, a maternid...

Posts Relacionados

Empreendedorismo Materno: Quais os três primeiros ... Hoje no blog, na coluna de dicas de outras mães, temos a presença da minha colega querida Bárbara Vitoriano, com dicas legais para as mamães que quere...
Mãe Tornou-se Empreendedora Os brinquedos fizeram uma mãe virar empreendedoraTornou-se EmpreendedoraA chegada dos filhos é um momento especial na vida de uma família e...
Empreendedor – Principais Características Empreendedor Dando continuidade aos posts sobre empreendedorismo materno, hoje falaremos sobre as principais características do empreendedor. Muita...

14 Comentários

  1. mega
    10 de julho de 2015

    Legal,desejo sucesso no seu trabalho.
    Adorei conhecer um pouco sobre o trabalho de um corretor,dedicação e foco são fundamentais para atingir suas metas
    Sucesso para ti
    bjs

    Responder

  2. Juliane Freire
    10 de julho de 2015

    Adorei o post… me lembrou a época da minha faculdade…
    Sou formada em transações imobiliárias, fiz empreendedorismo e depois fiz direito para me especializar em Direito Imobiliário… Assim, o horário, realmente é super flexível… Mas também não temos finais de semana, o dia de trabalho pode chegar até as 23h… é muita correria. Mas todo conhecimento que adquiri, abri uma empresa, que consigo mais tempo para meus filhos e consegui conciliar com um ramo que amo: cosméticos, beleza e saúde.

    Beijinhos
    http://www.julianefreire.com.br

    Responder

  3. Angela Ferreira da silva
    11 de julho de 2015

    Nossa que bacana sua história , é super notável que você já nasceu com esse espirito empreendedor , e que ótimo que você está em um ramo que você gosta e que não consome muito seu tempo …… Desejo muito sucesso nessa nova fase da sua vida!

    Beijos!

    Responder

  4. Ingrid Faria
    11 de julho de 2015

    Estou no momento de escolha de profissão por isso gostei de saber mais sobre a carreira. Aliás todo o conhecimento que recebo profissional para mim está sendo um achado
    Beijos

    Responder

  5. Priscila
    12 de julho de 2015

    Sucesso nessa trajetória. Bem bacana a postagem um grande incentivo.
    Bjao
    Pri
    http://Www.pareinos25.com

    Responder

  6. Nanna Barbieri
    12 de julho de 2015

    Meu padrasto é corretor, mas ele só trabalha com galpões e terrenos para PJ… O mercado não está muito para peixe, mas acreditamos que logo sairemos desta crise!
    Adorei conhecer um pouco mais sobre você, sua profissão e seu lado empreendedor…
    Beijos

    Blog|Canal

    Responder

  7. Aline Magalhães
    12 de julho de 2015

    Que bacana Adriana!
    Seu post ficou ótimo e um bela opção pra quem tem uma criança pequena e quer vê-la crescer.
    A FIESP tem um programa muito bacana para empreendedores, depois entra no site e dá uma olhada.

    Beijinhos,
    Aline Magalhães
    Alineland

    Responder

  8. Lana Moreira
    12 de julho de 2015

    Quando você se torna mãe é sempre dificil o retorno ao trabalho e mais do que isso administrar a vida de mãe com a profissional que nem sempre caminham juntas. Fico feliz pelo seu retorno.

    Responder

  9. Prosa Amiga.
    13 de julho de 2015

    Que legal que você conseguiu uma profissão que lhe dá tempo para dedicar a Larah.
    E o mais importante, que mesmo sem estar no mercado por tanto tempo conseguiu se adaptar bem.
    Que essa nova jornada te traga muitas alegrias e grandes sucessos.
    Bjinhos.
    http://www.prosaamiga.com.br

    Responder

  10. Adriana
    13 de julho de 2015

    Oiee querida boa sorte nessa sua nova jornada e que ótimo esse seu espírito de empreendedora. Sucesso hoje e sempre.
    Beijos
    http://www.beabadabeleza.com.br

    Responder

  11. Lu Barros
    13 de julho de 2015

    Oi Adriana, não é fácil e imagino a correria, mas pelo o que li você é capaz de ir muito além, muito sucesso para ti.
    Bj
    Lu
    http://www.blogsemprebelas.com

    Responder

  12. Andressa Gusmão
    15 de julho de 2015

    Muito bom o post, deu pra ter uma noção boa do que é e faz um corretor de imóveis, muito sucesso na sua carreira!
    lepetitblondie.blogspot.com.br

    Responder

  13. Pati Quental
    15 de julho de 2015

    Muito bacana conhecer a sua trajetória e entender um pouco mais sobre como devemos agir para termos sucesso em empreendimentos próprios.
    Afinal de contas essas dicas servem para a área imobiliária mas também para todas as áreas de atuação que a pessoa deseje empreender um novo negócio né?
    Beijos~
    http://www.docefeitopimenta.com.br

    Responder

  14. Iara Netto
    15 de julho de 2015

    Também busquei um trabalho com esses 3 requisitos básicos que são necessários para todas as mães.
    Gostei muito de conhecer um pouco mais sobre a sua profissão, desejo muito sucesso para ti !!!
    besitos

    blogmeamarro.com

    Responder

Deixe um comentário!

*