Sete dicas para evitar asma e rinite neste inverno

Mais de 30% da população sofre com rinite e alergias respiratórias. Saiba como evitar crises

Poucas coisas são mais incômodas do que nariz entupido. Asma e rinite são coisas sérias e que podem apresentar maiores crises durante o inverno por causa da mudança de temperatura, além do tempo mais seco e frio. De acordo com a OMS – Organização Mundial da Saúde – atualmente, 35% da população tem algum tipo de alergia, sendo 20% alergias respiratórias.

A boa notícia é que existem medidas simples e fáceis que aliviam e evitam crises respiratórias. Abaixo, Julinha Lazaretti, formada em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo, pós-graduação em Imunologia com especialização em Cosmetologia e sócia diretora da Alergoshop, dá algumas dicas:

  • Os descongestionantes nasais trazem rápido alívio, porém não são indicados. O uso desregrado pode causar dependência, rinite medicamentosa e, em casos mais graves, provocar problemas cardíacos;
  • Ainda sobre os descongestionantes nasais, é preciso tomar um cuidado extra com crianças já que podem causar depressão do sistema cardiorrespiratório;
  • Vale lembrar que o nariz entupido tem diversas causas: resfriados, rinites, desvio de septo etc. Caso a situação seja duradoura, procure um médico para diagnosticar e indicar o tratamento correto;
  • Para evitar crises respiratórias, a higiene ambiental é fundamental! Um ambiente limpo está livre de substâncias alergênicas como pó e ácaros;
  • A limpeza nasal com água morna e sal, ou soro fisiológico, três vezes ao dia melhora a respiração;
  • Limpe roupas e cobertas guardadas antes de usas. Existem soluções acaricidas que são excelentes aliados para isso;
  • Capas antiácaros em travesseiros e colchões não permitem contato com ácaros e propiciam noites de sonos mais tranquilas e com melhor respiração

Para contribuir com a construção do ambiente ideal para os alérgicos, a Alergoshop, especializada em produtos hipoalergênicos, desenvolveu itens que oferecem praticidade à vida de quem há anos convive com os malefícios provocados pelos problemas respiratórios.