Identificar e tratar uma depressão infantil

A depressão vem se tornando a alguns anos a doença mais comum do mundo. Essa doença agora, não só procura atingir adultos mas também já começa a dar sinais de que está acometendo crianças, o que deixa as mães de plantão completamente preocupadas com essa possibilidade.

Depressão Infatil

Depressão Infatil Fonte: enfermagemurgenciaemergencia.blogspot.com.br

Identificar e tratar uma depressão infantil

A depressão infantil pode ter seu inicio aos 4 anos de idade, e embora seja uma condição ainda ligeiramente “rara” para as crianças, ela de fato pode acontecer.

Continue lendo para identificar e tratar uma depressão infantil.

Como identificar?

O grande problema é que identificar a doença não é nada fácil por que seus sintomas são relativamente comuns e podem indicar várias outras doenças ou até mesmo uma particularidade do comportamento do seu filho.

Portanto, apenas como uma linha geral, veja alguns dos sintomas da depressão infantil logo abaixo:

  • Alteração constante de humor ( choro fácil e a irritabilidade podem ser sintomas )
  • Ansiedade
  • Falta de atenção ( o que leva consequentemente a um baixo rendimento escolar )
  • Cansaço ou perda de energia
  • Dores frequentes ( na cabeça, barriga ou nas pernas )
  • Sentimento de rejeição
  • Possíveis variações no peso

Agora que você já sabe identificar alguns dos comportamentos/sintomas da depressão infantil veja abaixo como tratar.

Como tratar?

O tratamento normalmente consiste apenas na psicoterapia e da orientação dessa criança pela família e pelos pais. Raramente um diagnostico de depressão infantil será tratado com medicações antidepressivas ( como fluoxetina por exemplo, que é muito utilizada para adultos como descrito no FimPRO.com.br ).

Uma outra informação é que a depressão infantil é favorecida com um diagnostico antecipado ( quanto mais cedo melhor ) para que se consiga chegar na cura da doença.

Uma criança que é acometida pela depressão pode ter seriamente sua vida “arruinada” ao longo do tempo por começar a desenvolver aflições cada vez maiores, e começar a ter comportamentos cada vez mais autodestrutivos.

A dor de uma criança com depressão infantil é muito grande, o que ressalta mais uma vez a importância dos pais e da família terem que fazer o seu papel fundamental em casa, ajudando a criança a passar por esse momento difícil.

Algumas ressalvas

A depressão infantil por mais que tenha uma lista de sintomas ela é de difícil diagnóstico.

Apenas um psicólogo com especialidade em atender crianças é recomendado para conseguir fazer esse diagnóstico de maneira correta, e é também o único profissional capacitado para fazer o tratamento do seu filho ou filha.

Uma outra informação importante é que a depressão infantil pode ter seus sintomas “mascarados” por algum outro tipo de comportamento especifico que a criança cria para funcionar como uma válvula de escape, nesse caso, os comportamentos são quase sempre autodestrutivos ( como se machucar ) e/ou autodepreciativos ( sempre fala mal de si mesmo ).

Por mais que esses dois últimos comportamentos sejam em um primeiro momento bem ruins, na verdade eles são um dos comportamentos principais a serem observados e são a chave para um diagnostico bem feito.

Hoje, a depressão infantil ainda é rara e acomete pouquíssimas crianças no Brasil, embora esse número venha crescendo.

Bom, pessoal, por hoje é só! Espero ter ajudado e até a próxima 😉

elizabeth

Posts Relacionados

Gripe ou Resfriado nas Crianças Gripe ou ResfriadoO que fazer quando os pequenos estão com gripe ou resfriado?Algumas medidas como descanso e hidratação podem ajudar a recup...
Obesidade no Brasil Obesidade atinge 19% da população brasileira e 54% está com sobrepeso Doença é responsável por comorbidades que correspondem a 72% dos óbitos no país...
Saúde e os Smartphones Smartphones - Quando se fala em comunicação e tecnologia o mocinho da era moderna mostra a outra face, afetando silenciosamente sua saúdesmart...

Posts Relacionados

Projeto Integrar – Autismo Autismo Projeto Integrar disponibiliza aulas online gratuitas de Desenhos RoteirizadosProjeto IntegrarEstá no ar mais o segundo módulo do C...
Ouvido – Entenda Um Pouco Mais Muitas pessoas não sabem, mas o ouvido é uma parte do nosso corpo bem delicada e que devemos ter muito cuidado para não ter problemas que te atrapalhe...
Novembro Azul – Reduzindo Risco de Câncer de... Novembro Azul - As 10 Maneiras de Como Reduzir os Riscos de Câncer de Próstata Novembro Azul é uma grande Campanha Internacional criada especialmente...

18 Comentários

  1. Lucimar da Silva Moreira
    08 de agosto de 2016

    A depressão é um problema sério nas crianças, é importante os pais identificar ela, pois a criança está na fase de crescimento e a depressão afeta a criança, muito bom saber desse assunto, como se trata dela, excelente o post informativo para os pais. depressão já é ruim para um adulto imagine para uma criança que as vezes não sabe expor o que sente, bjs.

    Responder

  2. Cléo
    08 de agosto de 2016

    Adri que post maravilhoso e rico em informações que muitas vezes deixamos passar despercebidos, pequenos detalhes que fazem a diferença, expressão no olhar. As vezes deixamos a correria cotidiana tomar conta e esquecemos de lado pequenas coisas que pode levar a casos sérios. Beijos
    Cléo @decasalimpa

    Responder

  3. Joana D'Arc
    08 de agosto de 2016

    Oi!!
    Esse tema é muito serio e muito pouco abordado. A depressão é uma doença e deve ser tratada, e devemos apoiar nosso parente durante o tratamento, e principalmente lhe dando muito amor ?
    Bjo

    Responder

  4. Jacque Santos
    08 de agosto de 2016

    Ê uma séria mesmo
    Tem que tem o mínimo de atenção com este caso
    Adorei o post
    Bjs

    Responder

  5. Suzi
    08 de agosto de 2016

    É um assunto bem sério e cada vez mais comum mesmo, eu tive quando criança mas ngm soube identificar, tive diversos problemas na adolescência … por isso é importante tratar logo que apareça os sintomas, as pessoas tem mania de achar que criança não passa por isso. Beijos

    Responder

  6. Minda Silva
    09 de agosto de 2016

    É interessante também lembrar que os pais ou um dos dois tendo depressão é importante ficar atento porque os filhos podem ter a tendência a depressão, digo isso porque eu sou depressiva e meus filhos com muita facilidade se deprimem.
    Muito bom esse post, muito esclarecedor!

    Bjos
    Minda ❤ ?

    Responder

  7. Lu Barros
    09 de agosto de 2016

    Que post mais informativo, é para ficarmos sempre em alerta mesmo, obrigada por compartilhar, bjs

    Responder

  8. lilian brito
    09 de agosto de 2016

    Muito bom! Hoje ainda tem muitas pessoas que viram as costas para esse problema como se não existe a depressão de fato. É muito bom sabermos aqui a forma de como trata-la
    Beijos

    Responder

  9. Erica
    09 de agosto de 2016

    Gente, como tenho visto e ouvido falar sobre depressão infantil de uns tempos para cá, realmente é para ficarmos alertas pq se já faz estragos em um adulto nem posso imaginar o que faz com uma criança 🙁
    Adorei o post e realmente serviu para nos alertar 🙂

    Responder

  10. Silvana Maria
    09 de agosto de 2016

    Ja vi casos de depressão infantil é muito triste a gente ver uma criança sofrer e as vezes a gente não sabe o motivo é muito triste.

    Responder

  11. Bruna karla
    09 de agosto de 2016

    Nossa que tema bacana de abordar, depressão já é ruim para um adulto imagine para uma criança que as vezes não sabe expor o que sente…alerta para os pais. bjs

    Responder

  12. Ana Paula
    09 de agosto de 2016

    Que dica linda!
    Em pensar que várias crianças não são tratadas, e tornam-se adolecentes e adultos doentes…
    Adorei! Parabéns!

    Responder

  13. sadhia
    09 de agosto de 2016

    depressão em crianças é tão dificil de identificar né mesmo ? muitas vezes não vemos
    belo post

    Responder

  14. Dulcinéia de Sá
    10 de agosto de 2016

    É um post muito interessante pois a depressão afeta mesmo as crianças também e é preciso estarmos atentos a isso. Muitas vezes esse comportamento é até copiado da mãe ou do pai. Eu já vi isso acontecer com uma família bem próxima a nós. A mãe estava com depressão e vivia se sentindo sem rumo na vida, daí a filha começou com alguns comportamentos da mesma forma. As duas estão em tratamento no momento.
    Beijinhos!

    Responder

  15. Erika
    10 de agosto de 2016

    Oie, tudo bem? Que post mais interessante. É muito importante descobrir antes de ter sequelas mais graves. As crianças hoje em dia são tão diferentes que é preciso estar atento e saber se está acontecendo algo com elas. Beijos, Érika *-*

    Responder

  16. Wanessa Costa
    13 de agosto de 2016

    Amei amei esse post porque a depressão no adulto já é muito difícil de ser identificada agora imagina em uma criança é muito mais complicado.
    Parabéns excelente texto.

    Bjos ❤

    Responder

  17. cibele
    15 de agosto de 2016

    Bom saber muitas vezes não sabemos identificar e nossos filhos sofrem bjo

    Responder

  18. Fladimirjesussouza
    16 de agosto de 2016

    Olá tudo bom com você? Primeiramente quero lhe desejar uma boa noite!!! Parabéns pelo seu post ótimo tema que veio aborda além das informações prestada ajudar bastante as pessoas a lidar com este tipo de problema a depressão e uma doença que chegar sem nos imaginamos trazendo graves consequências belo post até mas

    Responder

Deixe um comentário!

*