Cinto de Segurança na Gravidez

Na gestação, os cuidados essenciais para a saúde do bebê e da mãe devem ser prioridade na rotina diária e o correto uso do cinto de segurança faz parte destes cuidados.

O cinto de segurança deve ser utilizado da maneira correta para não pressionar a barriga ou trazer qualquer risco ao feto em caso de freada mais brusca ou algum outro impacto sério.

Muitas mulheres acham que é mais seguro andar sem o cinto durante a gravidez porque o dispositivo pressiona a barriga. Isso é, sem dúvida alguma, errado! Assim como todos os passageiros do veículo, é obrigatório que a gestante utilize o cinto de segurança, seja como motorista ou passageira, seja do banco da frente ou de trás.

Na gravidez, é obrigatório que a mulher use cinto de segurança, mesmo nos últimos meses, com a barriga grande. O ideal é utilizar sempre o cinto de três pontos. Mas, se o veículo for mais antigo e só possuir o cinto horizontal, não deixe de utilizá-lo.

Procedimento correto

Acompanhe abaixo qual a melhor maneira da gestante utilizar o cinto de segurança (3 pontos) sem trazer riscos para o bebê:

  1. Posicione-se com as costas retas e passe a faixa da diagonal por cima dos ombros, de modo que ela fique entre os seios, terminando ao lado da barriga. Com a outra faixa (horizontal), posicione-a em cima das coxas, em cima do osso do quadril.
  2. Depois de afivelado, verifique se o cinto de segurança está firme.
  3. Muita gente tem o costume de utilizar a faixa diagonal embaixo do braço, mas dessa forma o cinto não protegerá o passageiro, o que é muito perigoso para as gestantes.

 CINTO DE SEGURANÇA

CINTO DE SEGURANÇA

Grávida pode dirigir?

Todas as grávidas podem dirigir: o Código Brasileiro de Trânsito não apresenta nenhuma proibição. No entanto, é sempre bom conversar com o obstetra para saber até qual mês é seguro para a gestante assumir a direção. Muitos médicos recomendam que a gestante dirija até o oitavo mês.

  • A barriga grande e a ansiedade com a chegada do parto podem dificultar a condução do veículo. Então o melhor é pedir ajuda de parentes, amigos ou até mesmo utilizar um táxi para que o transporte da mamãe seja seguro.
  • A gestante só deve dirigir se estiver bem segura. No primeiro trimestre da gravidez, apesar de a barriga ainda não atrapalhar, a mulher pode sentir tonturas e sonolência, podendo atrapalhar sua atenção. Além disso, na gestação os reflexos da mulher podem ficar comprometidos.
  • É importante que a grávida evite dirigir à noite e em lugares desconhecidos.  Se precisar dirigir na rodovia, é importante que a grávida esteja acompanhada.
  • Nos últimos meses de gestação, dirigir pode ser bem desconfortável por causa do tamanho da barriga, dores nas costas e inchaços nos pés, o que compromete a movimentação dos pedais.

 Andar de moto e bicicleta pode?

Se a gestante estava acostumada a andar de moto ou bicicleta deverá esperar o bebê nascer para utilizar esses meios de transporte novamente. Motos e bicicletas são extremamente perigosos para a gestante por conta do maior risco de quedas.

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                Fonte: Mamães Online