É Normal o Bebê ficar Dias Sem Fazer Cocô

Desde que a Larah nasceu, o intestino funciona como um relógio. Quando ela era recém nascida, toda vez que ela mamava, fazia cocô em seguida. E, quando ela estava com 3 meses, houve um episódio que entrei em pânico: o “reloginho” parou de funcionar, Larah parou de fazer cocô. Quando ela fez 3 dias sem cocô, mandei email para o médico perguntando a respeito. Com 5 dias, não aguentei e levei ela no consultório e o médico me tranquilizou dizendo que até 7 dias nada mais é do que normal. Bebês na fase dos 3 meses estão em pleno desenvolvimento do sistema digestivo, e o bebê começa a criar o seu próprio hábito intestinal.

E como uma boa mãe de primeira viagem, na época, fui pesquisar e descobri que nessa fase de transição, a frequência de evacuação pode se tornar irregular e que os bebês podem ficar até uma semana sem evacuar. Esse processo dura, em média, 20 dias e faz parte do desenvolvimento da criança. Após esse período, é esperado que as crianças comecem a ter um ritmo mais frequente de evacuações.

Nós como mães não precisamos nos preocupar, apenas observar outros sinais como aparência do cocô, irritabilidade do bebê ou se ele demonstra dor na hora de evacuar. O cocô não pode estar endurecido e se o bebê demonstrar dor, devemos fazer massagem com movimentos circulares na barriguinha colocando uma leve pressão e depois movimentar as perninhas como se estivessem pedalando uma bicicleta.

Agora que já sabemos que ficar uns dias sem evacuar nos primeiros meses de vida é normal, por mais difícil que seja, temos que ser paciente e não cair na tentação de medicar nossos bebês e crer que logo tudo volta ao seu ritmo normal.

Quando da minha visita ao médico, a única recomendação foi dar um chazinho feito com 30ml de água filtrada fervida com 1 ameixa preta seca, e assim eu fiz. A Larah evacuou no sétimo dia e até hoje esta evacuando uma vez por dia.

7 DIAS SE COCÔ

7 DIAS SE COCÔ