BABÁ

BABÁ

A licença maternidade está chegando ao fim ou o tempo ficou curto demais depois que nasceu o bebê e você decidiu contratar uma babá e não sabe como por onde começar?

Hoje é bem complicado encontrar uma boa babá que seja profissional, tenha um salário adequado, folgas da forma que queremos, que saiba se portar em variados lugares e o mais importante que cuide bem de nossos tesouros.

Por este motivo, resolvi escrever este post que contem algumas dicas que ajudarão no momento da entrevista da possível babá e também ajudará a orientar a profissional escolhida.

Perguntas para serem feitas na entrevista da babá:

  • Pergunte e anote todos os dados pessoais: nome, endereço, data de nascimento, RG e CPF (de posse destas informações é possível a ficha criminal da candidata);
  • Pergunte dados da família: estado civil, profissão do marido, se tem filhos e onde  os filhos ficam enquanto ela trabalha;
  • Pergunte se ela fuma e se tem algum tipo de doença que precise faltar ao trabalho;
  • Pergunte se ela gosta de criança e tente descobrir qual o nível de paciência que ela tem com os pequenos;
  • Pergunte e confirme se ela tem experiencia comprovada em carteira;
  • Pergunte o motivo da saída dos últimos empregos e peça o telefone dos ex patrões para confirmar as informações;
  • Pergunte se ela aceita dormir no emprego (caso este seja a sua necessidade), quantas conduções utiliza para se locomover para casa e a pretensão salarial;
  • E para finalizar peça referencia de pelo menos 2 pessoas com nome e telefone;

Principais Requisitos da Babá

  •  Higiene, paciência e amar crianças;

O que toda a babá deve saber

  • Não usar brincos e nem unhas compridas, o cabelos devem estar sempre presos;
  • A higiene pessoal e das roupas têm que estar impecáveis;
  • Manter os utensílios do bebê  limpos;
  • Nas atividades do dia a dia a prioridade sempre é o cuidado com a criança;
  • Bebês precisam ser vigiados sempre e não podem ficar sozinhos, a menos que estejam no berço e com a babá eletrônica ligada;

Se você optar por ter babás de forma tradicional, utilizando uniforme s e se ela for acompanhar a criança nos diversos eventos, veja abaixo mais algumas dicas.

Roupas e Postura

  • Uniforme: Roupas brancas são as mais indicadas;
  • Casamentos e Festas: Para essas ocasiões, a consultora de moda Glória Kalil, indica um vestido preto básico, pois nesses eventos sociais não há ninguém de uniforme e, um pretinho básico é simples, moderno e discreto;
  • Praia: Se a babá vai ao litoral com a criança, caso ela for entrar na água acompanhando a criança, deve-se usar um maiô inteiro com bermuda e camiseta. Caso não precise se molhar,  apenas exclua o maiô.
  • Festinhas de aniversário: Como haverá outras babás no evento, ela deve ir de branco, uniformizada. Quanto ao serviço, nada de oferecer comida diferente: as babás devem comer o que estiver sendo servido aos outros convidados (exceto bebidas alcoólicas).
  • Restaurantes: “É uma situação delicada, porque todos estão ao redor da mesa, há uma relação íntima. Mas a mãe e o pai não têm intimidade com a babá, muito menos seus amigos”, diz Glória Kalil. Se houver outras crianças, é recomendado que a babá sentasse com eles numa mesa separada. Caso estejam somente a babá e a criança, ela deve se sentar-se à mesa dos patrões e também pedir um prato. Mas é para lá de aconselhável orientá-la com antecedência e delicadeza para este tipo de ocasião. “Não dá para a babá pedir uma cerveja, por exemplo,”, finaliza Glória. 

Fonte de pesquisa:  http://espacomaterna.com